25 de out de 2011

É OFICIAL: CANCELADO O PRÊMIO PORTO SEGURO DE FOTOGRAFIA


A 11a. edição do Prêmio Porto Seguro de Fotografia não acontecerá em 2011. Uma mudança na lei do MINC fez com que o já tradicional prêmio da fotografia brasileira pulasse 2011, uma edição. Segundo a organização tudo volta ao normal em janeiro de 2012. Tão estranho quanto a não realização do evento sério e bem produzido que sempre foi o Porto Seguro de Fotografia, é a falta de informação. Até hoje, 24 de outubro, nada ainda foi declarado oficialmente por quem deveria informar, faz meses que pelo telefone de contato do site da Porto uma mensagem eletrônica atende com um irritante “deixe um recado após o bip”. Sandra Ramos, diretora da Manufatura de Arte, empresa que desde a primeira edição produz o evento, entregou que todos ainda acreditavam na realização da edição 2011 e por isso, até hoje, nada havia sido divulgado. No lugar, como ‘prêmio’ de consolação, este ano o Sesc Bom Retiro divulgará ainda esta semana que uma exposição vai acontecer em suas dependências com parte do acervo da Porto.  Batizada “Entorno- Diferenças e Reciprocidades”, esta mostra, inspirada na primeira edição do Porto Seguro, é um recorte do acervo da Porto e focado na reflexão sobre o patrimônio cultural brasileiro.  Os artistas convidados são Alice Brill, Cássio Vasconcellos, Cláudio Edinger, Coletivo SX70, Cristiano Mascaro, David do Carmo, Eduardo Castanho, Guilherme Maranhão, Luciana Beneduce, Luciana Mendonça, Paulo César Rocha, Ricardo Hantzschel e Tom Lisboa.
Exposição:  Entorno - Diferenças e reciprocidades
Abertura: 10/11/2011 -19h30 - SESC Bom Retiro
Confira também os ganhadores e temas das 10 edições do Porto Seguro de Fotografia realizadas desde 2001: http://www.atitudespositivas.com.br/fotografia2010/ganhadores_anteriores.php?canal=7 

FCN

18 de out de 2011

CARNE DE PANELA COM LEGUMES

Hoje tive o prazer de almoçar com este cidadão carioca chamado Walter Firmo, autor de uma das produções de maior qualidade da fotografia brasileira. No currículo as duas escolas mais importantes do fotojornalismo brasileiro, o jornal Última Hora e a revista Realidade, passando por dezenas de outras. Walter é uma espécie de Miles Davis da fotografia, vai se reinventando, surpreendendo e o material antigo nunca expira e como uma boa cachaça, quanto mais velha melhor. Walter está produzindo um ensaio especial para a ediçào 3 da Mostra SP de Fotografia e sem fazer mistério entregou o tema: a chuva em São Paulo e como ela enche de poesia a nossa cidade. Gostei. FCN